talheresO precursor

Este blog é uma evolução de um outro blog que eu tinha, o Diário Gourmand (diariogourmand.blogspot.com), e que depois de uns meses postando com alguma frequência ficou em “stand by” por quase um ano, devido a questões pessoais que demandavam minha inteira concentração, incluindo uma mudança não esperada (mas celebrada!) para o Rio de Janeiro.

Todas as postagens dos anos de 2008 e 2007 são do antigo blog, que resolvi  importar para este. Relendo os posts antigos, até achei que alguns estavam mal escritos, que a opinião ali expressada já não representava mais o que eu penso ou que conceitualmente deveria ter feito algo diferente. Mas fazem parte do “caminho” e resolvi mantê-los. Mesmo porque tem coisa muito legal ali também.

O nome

O nome do blog também mudou. Primeiro porque nunca havia me identificado realmente com o outro nome. Segundo porque entendo que o meu conceito de “gourmand” estava errado, pois recentemente encontrei conceitos para “gourmand” relacionados àquele que gosta de comer grandes quantidades de comida, e não relacionado muito a qualidade do que se come. Pois então, claro, nada haver comigo, muito menos com a proposta do blog. O nome tinha que mudar.

Acho que as únicas coisas que eu soube dar nomes na minha vida foram para minhas filhas, que tem nomes lindos! Rs… Então, um novo nome não seria coisa fácil, mesmo porque eu não poderia ser repetitivo, com tantos outros blogs e sites sobre gastronomia na internet. Por isso, depois de uma rápida consulta na web, resolvi não inventar muito: blog + comida + bebida = Blog Gourmet!

Por que escrver um blog sobre gastronomia?

Escrever um blog sobre gastronomia começou com uma idéia simples. Na verdade, a origem de tudo se deu ao perceber que nas discussões com os amigos sobre onde se comia bem e onde se comia mal na cidade em que eu morava (Ribeirão Preto, SP) não raro eu discordava da opinião deles. Percebi também que não havia nenhuma referência imparcial na cidade que fizesse avaliações da gastronomia local, apenas avaliações pagas, anúncios maquiados. Aí veio o “click”. Se ninguém faz, então vou fazer eu! Achei que com minhas opiniões poderiam contribuir com os órfãos gourmets da cidade, bem como com àqueles que por ventura a visitassem. Claro que ai acabei não me limitando a isso somente. Fui explorando esse universo, que tanto me fascina, de forma mais ampla.

Com relação ao objetivo atual deste blog, ao seu conceito, nada complicado. Como disse, adoro a gastronomia, amo comer  bem, leio bastante sobre o assunto e cozinho bastante em casa. Assim, acho que sempre tem algo que eu queira discutir sobre este universo. Por isso tenho o blog. Um canal para uma discussão leve e bem humorada do assunto. Uma forma de encontrar gente que compartilhe comigo de tudo isso. Uma forma de poder “ajudar” quem deseje dicas de como comer bem (Veja, eu sou a cobaia para você. Aliás, eu e minha adorável esposa, que tem que comer as experiências que faço na minha cozinha ou ainda ir sempre a um lugar novo para descobrir e experimentar coisas novas… Nada daquela história de voltar naquele lugar que a gente tanto gosta! Kkkkk…).

Fotos e imagens

A grande maioria das fotos presentes no blog são tiradas por mim mesmo. Muitas vezes de meu humilde, mas fiel, telefone celular com sua câmera de somente 1.3 mega pixels de resolução. Assim, desculpem se a qualidade não for a melhor… Algumas outras imagens retiro na internet, e utilizo para ilustrar algum post, procurando citar a fonte e respeitar a autoria. Se por um acaso houver qualquer imagem que desrespeite direitos autorais, por favor, deixem me saber. Retirarei imediatamente.