dsc03582_2b

Se você chegou por acaso até este blog, é bom já ir sabendo que não sou jornalista, mas sim um mero profissional dedicado a “ciência” da Administração. Desde formado pela FEA-USP, esta é a minha profissão. Mas acontece que a gastronomia é uma paixão. É algo que me envolve e me faz dedicar muito do meu tempo… Ainda mais com essa idéia quase esdrúxula de escrever um blog… Kkkk… Por isso amigo, não espere nenhuma pérola literária neste blog, mas sim a simples opinião deste gourmet.

Acho que esse envolvimento com a gastronomia começou na minha vida lá atrás. Lembro da minha mãe reclamando para que eu me afastasse de perto dela quando ela estava cozinhando, que eu a estava atrapalhando. Mas é que já me fascinava àquelas transformações que ocorriam ali em torno do fogão. As cores e os aromas se formando, aquilo sempre me envolvia. Tudo isso até o “grand finale”, a hora onde finalmente sentávamos a mesa e se podia devorar tudo aquilo…

Quando tinha meus 20 anos fui passar uma temporada em Londres. Essa experiência também aprofundou meu contato com o mundo gastronômico. Morando sozinho, tinha que me virar e cozinhar, do contrário ficaria refém dos salgados preços para se comer fora por lá. Também trabalhando como garçom em muitas festas e hotéis, tive a chance de aprender muito sobre este mundo, em um contato mais que interessante com os chefs, com as cozinhas e tudo que os cercava.

Sei que acabei embarcando nessa viagem (que é a gastronomia), que com certeza é sem volta. Cozinhando, lendo sobre o assunto, saindo bastante para comer, ia, a cada dia, me envolvendo mais e mais com esse universo. Entrei para o time daqueles que estão sempre em busca da comida que toca nossos sentidos e nos faz emocionar… O time daqueles que estouram a fatura do cartão de crédito só para conhecer àquele novo restaurante que faz uma cozinha neo-fuzion-descontrutiva-emocional… Kkkk…

Enfim, sou apenas um cara entregue aos prazeres da mesa. Um aprendiz de gourmet nesse universo tão grande e rico.

Vale ressaltar também que toda essa maluquice é dividida com minha mulher e minhas duas filhas, companhias perfeitas para os prazeres da gastronomia, e, conseqüentemente, os prazeres dessa vida que vivo!