You are currently browsing the tag archive for the ‘almoço no Centro do Rio’ tag.

Já faz um tempo que eu queria escrever aqui sobre o Cazuela Grill, restaurante do tipo self-service localizado aqui perto do meu trabalho e que se diferencia dos demais restaurantes do tipo.

Já escrevi aqui sobre minhas restrições aos restaurantes do tipo bufê a quilo (clique aqui e leia), mas a verdade é que acabo os freqüentando bastante. Não dá para negar que são o que temos de mais prático, rápido e econômico no dia-a-dia dos almoços fora de casa…

O legal do Cazuela é que lá os pratos são apresentados de forma que ficam valorizados, em travessas rasas de porcelana branca. O cardápio sem aquela variedade insana de pratos é criativo, com receitas bem preparadas. O restaurante, que se diz especialista em culinária espanhola, serve a melhor paeja que eu já comi.

O espaço é agradável e relativamente pequeno. Na hora do almoço a disputa pelos lugares é grande, mas nada anormal. Para mim uma das melhores opções deste tipo no centro do Rio.

Img007b

E agora vou te contar um segredinho. A lanchonete Municipal Café, distante uns 30 metros do Cazuela, na mesma rua, é do mesmo proprietário e serve praticamente a mesma comida. O Cazuela tem um ou outro prato a mais, além dos grelhados. Mas a preparação sai toda de uma mesma cozinha e o cardápio é coincidente em uns 90%.

O espaço do “Municipal” é apertadinho, há poucos lugares. Mas se você não fizer questão dos grelhados ou da paeja (há sempre muitas coisas boas no menu básico do dia), o almoço no municipal é bem mais barato. R$ 24,00 o quilo, enquanto o Cazuela lhe cobrará R$ 39,00!

DSC00058

Como administrador, confesso que achei tudo isso bastante interessante. È um caso perfeito de segmentação de marketing em restaurantes, não acha? Praticamente a mesma comida, mas servida em ambientes diferentes, para públicos com expectativas diferentes, fazem a diferença no preço.

Bem, acho que era isso… Faça sua escolha e bom apetite!

Cazuela Grill
Rua Alcindo Guanabara, 20 – Centro
(21) 2220-7763‎
Lanchonete Municipal
Rua Alcindo Guanabara, 24 – Centro
(21) 2240-8823

Um dos meus lugares preferidos para almoçar aqui no centro do Rio de Janeiro é o Tarantino. É com certeza uma das melhores relações de custo-benefício das redondezas. Prova disso é a fila que se forma na hora do almoço.

O lugar é bem agradável, amplo, e os pratos servidos no sistema a la carte. O serviço é ágil mas a lotação da casa o torna um pouco confuso e apressado demais. Tudo isso combinado com o sistema online de pedidos faz com que não seja possível alterar os acompanhamentos dos pratos do dia.

O que mais gosto é que há boa criatividade nas opções do cardápio, principalmente no menu do dia. Geralmente fico bem indeciso na hora da escolha. Um prato com bebida não alcoólica e 10% do serviço não costuma ultrapassar os R$ 30,00. Com certeza um bom preço para o Rio.

Minha experiência no Tarantino é de comida saborosa, em fartas porções. Já experimentei vários pratos e a maioria deixou boa impressão. A execução nem sempre é perfeita, talvez pelo volume de refeições servidas, mas não chega a comprometer a restauração.

img002

É, com certeza, uma boa opção para almoço na região central da cidade. A foto ai de cima foi tirada em um dos melhores dias meu lá. Trata-se de espaguete bicolor com primavera de legumes (no ponto perfeito, crocantes) acompanhado de salmão e outros frutos do mar grelhados, todos no ponto exato de cocção. Prato leve e saboroso!

E você, conhece o Tarantino? O que acha?

Tarantino
Rua Senador Dantas 55, Centro
Também na Rua do Rosário, Centro

Já está quase na hora do almoço e quando vai chegando este horário vai pintando aquela dúvida cruel: onde vou almoçar hoje?

A verdade é que é um pouco cruel a vida daqueles, que como eu, são obrigados a almoçar em restaurantes todos os dias. No começo esta realidade é excitante. Ela traz a possibilidade de comer coisas diferentes, experimentar novidades, variar o tempero. Mas com o passar do tempo descobrimos que isso não é tão bom assim. Particularmente tudo o que mais desejo na hora de meu almoço é aquela comidinha caseira, sem grandes invenções. Comida repleta de sabor, de aconchego, acho eu que proporcionadas pelo sentimento de amor de quem as prepara (geralmente mães, avós, esposas, e outras pessoas queridas).

Nenhuma outra “confort food” é tão “confort food” quanto a boa comida feita em casa. Quando se come em restaurantes todos os dias, por melhor que estes sejam, a sensação é de que o prazer de almoçar vai se perdendo… Parece que nada que é oferecido é o que gostaríamos realmente de comer naquela hora. Fica o sentimento de que o almoço se restringiu a um simples ato burocrático de se alimentar e garantir a subsistência.

Na semana passada problemas familiares me fizeram ter que correr até minha cidade natal. Como têm sido, fiquei hospedado na casa de minha mãe. Eu que cultivava uma quase rígida dieta não tive como me conter. Foram almoços simples e memoráveis. Foi ótimo não ter que escolher restaurantes por alguns dias. Afinal, tudo o que eu podia querer estava bem ali na minha frente. Comida caseira. Comida simples, preparada com carinho. Acho que engordei alguns quilinhos. Quem se importa??? Rs…

Descobri que bem perto do meu trabalho conseguiria àquele que foi considerado pela Veja Rio em 2007 o melhor salgado da cidade. O campeão daquele ano foi o croquete do Pavelka – Deli 43 , loja-restaurante especializada em embutidos e defumados. Quem não gosta de croquete??? Como não sou bobo nem nada, dias desses fui até lá provar do quitute… Seria o croquete realidade ou mais um mito gastronômico?

Mito ou realidade?

Realidade. O croquete é mesmo uma delícia. É servido quentinho, crocante por fora e cremoso por dentro. É difícil comer um só. Fica aquela vontade de voltar mais vezes. Preço: R$ 3,90 cada.

img0131

Aproveitando a visita fiz meu almoço por lá. Pedi um prato de salsicha branca (R$ 6,50) com salada de batatas (R$ 4,90). A salsicha, muita saborosa chegou já um tanto fria na minha mesa. A salada com as batas em lascas, sem maionese, estava fresquinha com toque de ervas bem delicado. Uma opção interessante para variar o cardápio pelos lados do centro da cidade. Fica a dica.

img0141

Pavelka – Deli 43
Rua Gonçalves Dias, 43, Centro
Tel.: 2222-1163
Rua João Lira, 97B, Leblon
Tel.: 2294-1745

Depois da indicação de um amigo fiquei curioso e fui conhecer o Filet e Folhas da Rua do Rosário. Achei uma boa pedida, pois a indicação dizia em comer bem com bom preço. Ainda uma oportunidade para eu fugir do self-service à kilo, que tenho abominado…

O local é relativamente pequeno, mesmo contando com um segundo pavimento. Precisei esperar uns 10 minutos para conseguir uma mesa.

Sei que lá tem entradinhas famosas, como o caldinho de feijão (R$ 2,60)e o pão de linguiça (R$ 4,80). Mas tudo isso faz muito mal para a dieta. Infelizmente deixei para outro dia.

Fiz a opção do grelhado com dois acompanhamentos a escolher. São várias opções de grelhados, molhos e acompanhamentos. Montei então com peixe (ai, ai,ai… me fugiu o peixe… sorry!) com molho de manteiga com ervas, batata roesti e arroz integral (R$ 19,90).

img009

Destaco o arroz. Diferentemente do que se costuma achar por ai, integral úmido e saboroso, temperadinho… Bem gostoso! O peixe veio em porção farta. O molho estava apenas regular, as ervas poderiam ser mais frescas, integradas apenas ao final da preparação. A roesti estava bem crocante por fora e macia por dentro, sequinha, bom acompanhamento.

No Filet também há vasta opções de ingredientes para montagem de saladas de acordo com a preferência do cliente, vendidas em dois tamanhos. Pelo que vi em algumas mesas são bem fartas. Pratos do dia e sobremesas também completam o cardápio.

O Filet e Folhas é com certeza uma boa opção aos buffets do Centro do Rio. Comida boa com bom preço.

Filet e Folhas
Rua do Rosário, 104, Centro
Fone: (21) 2222-4151

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

+ blogs